sábado, 5 de novembro de 2011

Pedalboard 2011: em busca dos timbres nostálgicos

Este foi um ano de conquistas importantes. Embora o velhinho do saco vermelho ainda nem adentrará pela minha chaminé (trazendo com ele o clima de retrospectiva e final de ano), é possivel rememorar os fatos que marcaram os últimos tempos.

A minha família de pedais cresceu quantitativa e qualificativamente. É importante destacar que muitas trocas foram feitas,entrando e saindo do pedalboard produtos queridos e odiados por muitos.

Os timbres que eu buscava sempre remetiam ao passado (anos 60, 70 ... 90), embora estivesse sempre aberto às novidades. Filosofando um pouco, é como se fosse preciso raízes fortes e profundas para se produzir folhas e frutos novos e vistosos.

As alterações que aconteceram no pedalboard já foram postadas aqui. As fotos, entretanto, eram uma dívida que eu tinha com o blog. O desafio maior, obviamente, era manter a estética cultural e nem tanto informativa do site. Por fim, espero que, embora um pouco desfocadas, as imagens acrescentem na discussão sobre posicionamento de pedais e aproveitamento de efeitos de baixo custo.

Março de 2011
Digitech Bad Monkey, Axcess Overdrive, Axcess Phaser. Out: Fab Chorus e Fab Distortion
Entraram: Axcess Phaser e Overdrive
Saiu: Behringer Blues Drive


Agosto de 2011
Axcess Phaser, Axcess Overdrive, Boss Turbo Distortion, Vintage Phaser Behringer, Digitech Bad Monkey, Vintage Tube Overdrive Behringer, Zoom 507 Reverb
Entraram: Cabos GFS (junho), Zoom 507 Reverb (abril), Boss Turbo Distortion (julho), Vintage Phaser Behringer (julho), Vintage Tube Overdrive Behringer (agosto).



Novembro de 2011
Axcess Phaser, Vintage Phaser Behringer, Boss Blues Drive, Digitech Bad Monkey (ligado ao notebook - Amplitube 3), Axcess Overdrive. Out: Vintage Tube Overdrive Behringer e Jim Dunlop Cry Baby
Entraram:  Jim Dunlop Cry Baby e Boss Blues Drive.
Sairam: Zoom 507 Reverb, Boss Turbo Distortion.
Por fim, continua faltando um delay e ou Reverb. Não obstante o Amplitube 3 tem quebrado o galho em relação as ambiências. As simulações de amplificadores, entretanto, são a parte mais divertida do programa.

Até o próximo post!

5 comentários:

  1. Valeu cara! Pra mim fica melhor pra acompanhar a galera também, já que a maioria tem blogspot!

    Muito bom o seu post. Um dia ainda consigo ter um set de pedais! Agora ainda não posso hahaha Mas pelo menos vou lendo e aprendendo pra não comprar coisas erradas depois. Show de bola!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Opa, e ai, tudo bem?

    gostei do blog, muito bom, parabéns.

    Vim aqui só para te perguntar o que você acha do Overdrive Axcess da Giannini e do FAB Chorus da Danelectro. Estava em busca de mais um pedal, mas ainda estou com algumas dúvidas.

    Tenho o Axcess Distortion.


    Abraço e até mais

    ResponderExcluir
  3. Ocatavio,

    Antes de tudo, obrigado pela visita.

    - O Overdrive da Axcess Giannini é uma excelente opção pra quem procura um drive bacana, true bypass e com preço bem convidativo.

    Detalhes do pedal:
    Drive - vai desde algo bem limpo (tipo um amplificador valvulado com um pouquinho de saturação) até algo mais nervoso (mas ainda na praia dos amplificadores valvulados low gain estilo Fender).

    Tone - ê melhor usá-lo bem fechado, visto que o pedal por si só é bem agudo. Há quem tenha comparado este pedal ao SD 1 Boss. A diferença é que o axcess tem agudo de sobra (com até uma perda ligeira de graves), soando mais claro e aberto.

    Volume - auto explicativo.

    Por fim, eu tenho usado esse pedal sempre ligado. A ideia é simular a saturação de um valvulado Fender, visto que meu amplificador é transistorisado.

    - Fab Chorus
    Muito bacana pelo preço. Pena que é um pedal de plástico.

    Dá pra fazer muita coisa bacana com ele. O controle mix, por emxemplo, é uma opção interessante variando o timbre entre o "brilhante" e o "psicodélico".

    Não me lembro se havia perda de sinal na época que eu o usava.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Po cara, valeu por ter me respondido.


    Então, eu gostei mt desse Overdrive (visualmente e pelos reviews que vi até agora). Mas não queria por enquanto ficar só nos drives, claro que ele iria me dar uma versatilidade maior, mas também queria algo mais abrangente como um Delay, Chorus ou até um Phaser.

    você conhece algum desses? (Axcess Phaser, Axcess Chorus ou Axcess Delay)

    Há algum outro que indicaria? (não muito caro)



    Valeu mesmo!!


    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Octavio,

      O Axcess Phaser, como vc pode ver neste post, eu tive por quase um ano e só o passei pra frente pra poder pegar o Dan Echo.

      Ele é muito bacana, não distorce (comum em alguns phasers) e não tem perda de volume. Mas é bem agudo e metalizado. Isso é bom, caso seja esse o som esperado.

      O Axcess delay já testei em loja e posso dizer que é um pedal excelente pro seu preço e e pelo seu time delay (até 350ms). Eu uso um time delay de 310ms atualmente no Dan Echo (quando o comprei achei que usaria delays mais longos), tempo perfeitamente alcansado pelo Axcess. A vantagem do Dan Echo é que ele possui filtro de agudos, deixando o timbre mais fechado caso queira simular um tape echo.

      O Axcess delay é brilhoso, como se tivesse um chorus discreto junto (e uma leve saturada em amplificadores valvulados), mas acho que, pelo preço, vale a pena.

      Abraços

      Excluir